sexta-feira, 13 de outubro de 2017

Lula em Ferraz de Vasconcelos!


Sem luta não há mudança!

O ano de 2017 tem sido de ataque ao serviço público e consequentemente ao servidor público. Supostos "gestores" tem levantado a bandeira da "eficiência" da máquina pública, entretanto, apresentam a mesma receita: privatizações dos bens públicos; sucateamento de equipamentos públicos; arrocho salarial e; e cortes de direitos.
Nenhum destes "gestores" até o momento apresentou ideias inovadoras que combatam o principal gargalo de desperdício do dinheiro público: a corrupção.
Todos se escondem atrás do refrão de que "servidor público tem privilégios" e " a máquina pública gasta muito".
Quer queiram quer não, as armas hoje utilizadas contra a corrupção ainda são aquelas implementadas por Lula e Dilma: polícia federal mais forte e portais da transparência os quais levam informação a população.
Não posso esquecer desta que é tão importante: a população. Muito do que tem acontecido, para o bem ou para o mal, é em decorrência da mobilização da população, ou de parte dela, ou de partes dela, em momentos cruciais da política brasileira.
E isso não pode faltar: mobilização. Sem mobilização dos interessados por tal causa, esta causa acaba por ser perder num abismo escuro sem fim que deixa aos interessados numa tristeza desesperadora.
É o que os servidores públicos, atualmente, correm o risco de sofrer. Já fizeram um ataque devastador com a PEC do fim do mundo( das contas públicas), agora atacam dia e noite a previdência. E se não houver mobilização a bancada do "to nem aí" para o povo que mais precisa vai conseguir o que quer: acabar com a previdência pública.
Volto a repetir, para que direitos não sejam suprimidos. Para que empregos não seja tirados. Para que o que foi conquistado não seja do dia para noite arrancado de nós há de ter mobilização.
E é isso que acreditamos que haverá no dia 18 de Outubro as 10h na Câmara Municipal de Ferraz de Vasconcelos, na Audiência Pública com a secretária de Educação da cidade. Caso não haja mobilização, será um movimento perdido e sem cálculo das possíveis consequências. Caso os interessados não apareçam e façam valer sua voz ninguém fará por eles: nem vereador, nem outro servidor... ninguém, a não ser a grande massa de professores e trabalhadores da Educação.

quinta-feira, 5 de outubro de 2017

Ferraz de Vasconcelos: secretária de Educação se reúne com Professores após protesto

Hoje, 05/10, a secretária de Educação de Ferraz de Vasconcelos se reuniu com professores que participaram do protesto na Câmara Municipal ferrazense na última segunda - feira. A reunião solicitada pelo sindicato dos Servidores, na pessoa do seu presidente contou com a participação dos professores Jonny Mendes, Luiz C. da Silva, Douglas Santos, Adriano Bairros e Bete Rodrigues além do presidente do sindicato dos servidores Nelson Pereira Ferraz.
A ideia da reunião era debater os pontos questionados pelos educadores na sessão de segunda - feira da Câmara Municipal. Entretanto, devido a problemas de agenda da secretária e a extensa pauta nem todas as questões não foram debatidas. Foi então pré - agendada uma outra reunião, para outubro. 
Apesar da realização desta reunião professores ainda querem a realização da Audiência Pública com os secretários da fazenda e administração para resolução dos impasses.
Segue abaixo vídeo feito da reunião e a ata da mesma.